Dica - Qual o seu estilo?

05 julho 2010

Qual o seu estilo no scrapbooking? 
Estilo é o tipo da página, seu visual, características e etc.. porém, cada um vai experimentando e acrescentando algo mais ao estilo inicial. 
Vejamos alguns  tque existem no scrap artesanal e que originam os estilos do scrap digital..

Estilo clássico: esse estilo está centrado num design tradicional e tem por finalidade reter a atenção do observador para as fotos, que normalmente são múltiplas e apresentadas em tamanhos tradicionais como 10X15 cm.
Usam-se normalmente pouca variedade de papéis por página, com a preocupação de coordenar principalmente as cores do trabalho, que normalmente são neutras, sóbrias ou escuras.

Estilos românticos: Shabby Chic, Vintage e Heritage
Esses estilos de scrapbooking normalmente incluem muitos embellishments por página e diferentes produtos, frequentementes posicionados num estilo de colagem. Podem apresentar muita textura e técnicas de pintura e envelhecimento.
No scrapbooking, a tendência romântica e sofisticada adota os papéis de motivos florais e tons pastéis e envolve sempre alguma pintura, adornada por tags, botões, brads, flores.


No estilo vintage você provavelmente vai encontrar embellishments que parecem terem sido extraídos da caixa de costura de sua avó incluindo botões, pérolas, fitas, metais, fibras. Esse estilo tem a tendência de buscar um envelhecimento pronunciado de papéis e embellishments, pois a tendência é a valorização do antigo, mas com fotos atuais.



Já o estilo heritage tem por propósito fazer scrapbooking com fotos antigas, redefinindo-se a história familiar. Difere do vintage pois este usa fotos atuais que são envelhecidas propositalmente para lhes conferir um ar nostálgico e antigo.

Estilos Livres: Crafty, Anything Goes, Eclético
Nessa linha estilística, a criatividade impera e a proposta é totalmente liberal. Assim, segundo essa tendência, pode-se mixar estilos, materiais e é simplesmente válido adicionar qualquer objeto à página, tudo que sua imaginação possa comportar e adaptar ao trabalho.
É um estilo de scrapbooking normalmente ligado mais à arte do que à documentação de memórias. 


Já no estilo crafty, nota-se a presença de técnicas artísticas novas e acentuadas, com a inclusão de materiais rústicos, texturas e com muito espaço para a inovação.
Nessa linha de trabalho, a transgressão maior da técnica do scrapbooking é que nem sempre a foto tem tanta importância, pois o layout da página, as técnicas utilizadas e a decoração como um todo fazem parte do da mensagem artística da página.


No estilo “anything goes”, vale de tudo! Assim, é comum constatar-se a presença de materiais inusitados, ainda que manufaturados, mas que não foram propriamente lançados pela indústria de scrap e que foram adaptados pela artísta para suas páginas. Assim, vale pintar de tudo e trabalhar qualquer material que se encaixe na mensagem, seja ele de papelaria, bijouteria, “home decor”.

Estilo jornalístico: nesse estilo o journaling é o ponto central do design do trabalho. A idéia é criar uma imagem visual para as palavras, que são o ponto focal central desse trabalho e que, por isso, ocupa um espaço primordial, sobrepondo-se mesmo aos embellishments e às fotos.


Estilo naturalístico: esse estilo propõe um retorno à natureza, aos tons da terra, às cores monocromáticas. Os layouts confeccionados nesse estilo podem incorporar texturas, bordas lixadas ou distressadas e são sempre muito clean. 



Estilo clean lines: Nesse estilo, o layout da página é bem definido por linhas claras, que podem ser facilmente perseguidas pelos olhos levando-nos às fotos, que possuem lugar de destaque


Estilo gráfico: Nesse estilo, o visual da página tem que ser forte o bastante para chamar imediatamente sua atenção, supreendendo-a por ângulos interessantes e inusitados.

O estilo “hip and trendy” busca apresentar as últimas tendências da moda e do design, em layouts frescos e sempre novos, inspirados em revistas de decoração, publicidade, televisão, design e moda. É o estilo contemporêneo por excelência.


Estilo retrô: esse estilo pode ter inspiração na moda e design que se usava nos anos 50s, 60s e 70s. Nos layouts de scrapbooking inspirados nesse estilo são freqüentes as estampas com flores grandes, as espirais e as estampas xadrezes do tipo “Houndsthooth”.

O estilo contemporâneo se pretende atual, retratando as tendëncias modernas num estilo clean, com espaços livres e bem definidos na página e uma tendëncia à utilização de acentos e embellishments fortes.


Fontes bibliográficas:

Find your Groove, a Guide to Discovering your Scrapbook Styke, de Kitty Foster & Wendy Mc Keehan
http://www.scrapbooking101.net/articles/october2005findingascrapbookingstyle.html
http://ezinearticles.com/?Spectacular-Scrapbook-Styles&id=375498

ate mais!
beijos
Cris Oliveira 

2 Comentários:

Ana Paula 05 julho, 2010  

Obrigada, Cris! Beijos Ana

Koisas de Menina 07 julho, 2010  

Acho que ainda não tenho um estilo, estou entre o clean e não sei...kkkk, uma vergonha, mais amo tons suaves, pouca informaão, gostaria de colocar mais texto nos mesu los...bjs

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Beijos
Cris Oliveira

Related Posts with Thumbnails

POSTS RECENTES

Últimos Comentários

LINK ME!



Entre em contato !

Name:*
Email:*
Subject:*
Message:*
Verification No.:*
contact form faq

  © ARMAZÉM CRIATIVO - Todos os Direitos Reservados